1. Página inicial
  2. IO-Link
  3. Casos de utilização / exemplos de aplicação
  4. Relatório de aplicação SFH

Relatório de aplicação: SFH otimiza fábrica com solução IO-Link ifm

SHF desenvolve e produz sistemas para fluidos e sistemas para a usinagem de cavacos. A empresa já trabalha há muito tempo em parceria estreita com ifm e resolveu então equipar as suas máquinas com sensores e mestres IO-Link para poder usar as vantagens do IO-Link: parametrização, troca rápida, manutenção à distância e grande economia com cabeamento.

A empresa fundada em 1981 em Saint-Etienne (França) aposta em um crescente setor de negócios ecológicos: Os chamados "esqueletos metálicos" originários da área de estampagem profunda são triturados, secados por centrifugação e então comprimidos. O líquido de corte é novamente inserido na máquina ferramenta. Com isso, SHF atua na indústria aeronáutica, automobilística e cosmética. ifm é um importante fornecedor de sensores da empresa há mais de 20 anos e trabalha em parceria no desenvolvimento de suas máquinas.

Em 2017 SFH decidiu continuar o desenvolvimento das máquinas em suas fábricas e otimizar a automação. Desta forma, foi dada ênfase à fabricação digital e à soluções da indústria 4.0. Para isso, SFH utilizou sensores e mestres IO-Link ifm.

Os sensores ópticos de distância O1D120 e O5D100 são utilizados para medir e controlar o nível de cavacos de metal a serem processados e outros resíduos das máquinas. O sistema hidráulico da fábrica foi equipado com sensores de pressão PN7 e sensores de temperatura TA.

SFH utiliza módulos IO-Link do tipo AL2401 para os sensores indutivos IFT200 . Módulos do tipo AL2330 são utilizados para controlar o terminal da válvula. Além disso SFH utiliza encoders ROP com IO-Link. SFH administra a fábrica recentemente equipada com o software ifm LR DEVICE que possibilita uma visão geral de todos os sensores. Os sensores podem ser parametrizados à distância e as informações coletadas podem ser visualizadas. Isto possibilita uma manutenção baseada na condição da máquina.

SFH pôde obter várias vantagens através da equipagem de todas as máquinas com IO-Link. O cabeamento e a colocação em funcionamento das máquinas, demanda 30% menos tempo do que até então. Os dados de cada sensor são lidos, o que facilita consideravelmente a manutenção e o diagnóstico à distância. Além disso, o IO-Link garante maior flexibilidade: A troca de sensores e atuadores é bem mais simples do que até então. Os parâmetros necessários são gravados automaticamente no mestre IO-Link e transmitidos para o novo dispositivo.