You probably do not come from: Portugal.  If necessary, change to: United States
  1. Produtos novos
  2. IO-Link
  3. Mestres IO-Link potente para a indústria alimentar

Mestres IO-Link potente para a indústria alimentar

  • Mestres IO-Link com 4 e 8 portas disponível com cabos de alimentação adequados com codificação L e grau de proteção IP 69K
  • Alimentação com conexão em linha (daisy chain) com tecnologia de conexão M12 padronizada, com codificação L, máx. 2 x 16 A
  • Para atuadores até 2 A
  • Medição de corrente e limite de corrente ajustável por porta
  • Mestre e dispositivo configuráveis com o software moneo|configure

Módulos de barramento de campo robustos com conexão segura

Os mestres IO-Link descentralizados funcionam como gateway entre os sensores IO-Link inteligentes e o barramento de campo. São a escolha perfeita mesmo em ambientes difíceis: os materiais e processos de produção são idênticos aos dos cabos de conexão ifm da comprovada série EVF. A tecnologia ecolink garante conexões M12 impermeáveis, fiáveis e permanentes dos cabos de conexão.

Cabos com codificação L para correntes altas

O controle de cargas com módulos mestres IO-Link requer mais energia que o controle de sensores simples. O conector M12 com codificação L que vêm se consolidando cada vez mais no mercado é ideal para a alimentação energética destes tipos de módulos. Isto permite transmitir altas correntes com baixa queda de tensão. Para isso, a ifm oferece cabos de conexão e jumpers perfeitamente adaptados.

Vantagens e utilidades para os clientes

• Codificação L para a área alimentar

Pela primeira vez, a ifm oferece mestres IO-Link de corrente alta com invólucros de materiais especiais e um alto grau de proteção para o setor alimentar.

• 16 amperes num conector M12

A alimentação do mestre IO-Link é feita através do conector M12 padronizado com codificação L.
Essa tecnologia de conexão com 5 x 2,5 mm² pode ser usada para 16A US (alimentação do sensor) e 16A UA (alimentação do atuador). A energia pode ser transmitida pelo mestre (conexão em linha “daisy chain”).

• Conexão de atuadores de 2A com alta necessidade energética

O pino 2 de uma porta B pode ser ajustado opcionalmente em um modo de saída digital. Assim é possível comutar válvulas magnéticas grandes e atuadores até 2 A. O pino 2 é alimentado pelo atuador UA.

• Monitorização energética

Existe um limite de corrente por porta que pode ser ajustado pelo PLC. Além disso é possível medir valores de tensão e de corrente de cada porta. Portanto é possível determinar facilmente a necessidade energética de uma instalação e transmitir para o sistema ERP para análise.

• Configuração de sensores com o moneo configure SA

O software intuitivo encontra todos os mestres IO-Link na rede e cria uma visão geral do sistema completo. Além disso, são representados todos os sensores conectados com os respectivos parâmetros. Com isso, é possível parametrizar todos os sensores no sistema a partir de um local central.

 

PerformanceLine

Mestres IO-Link, tanto para sensores como para atuadores 2 A, com alimentação de tensão via daisy chain através de tecnologia de conexão M12 com codificação L.

Produtos

Tecnologia de conexão